Design? Por que investir?

Sua empresa deve investir em design. É fato que o design no Brasil tem crescido muito, e justamente por isso, vem aglutinando profissionais de todos os tipos. Isso é bom por um lado, pois aumenta a diversidade da área, traz ideias renovadas, mas também traz uma série de pessoas com pouco ou nenhum domínio técnico, que acabam pegando trabalhos por preços muito baixos e bagunçando o mercado.

Mas também é certo que boa parte das empresas e pessoas que podem (e precisam) contratar os serviços de um designer não sabe bem porquê deveria fazê-lo, nem como, nem quem. E cada um de nós, designers, já passou por alguma história que prova isso.

Por isso o caráter colaborativo dessa série de artigos, divididos por grandes temas. O intuito é clarear as dúvidas que os clientes têm, e ampliar o conhecimento, incluindo casos de vários profissionais.

Portanto, você, designer, que passa por essas agruras da profissão e lê o blog agora, comente, opine, discorde, repasse esse artigo para seus clientes. Os comentários gerarão novos posts.

Parte 1 – Por que investir em Design?

Me lembro de uma campanha de camisas, se não me engano da marca Wollens, que tinha como slogan “Porque o mundo trata melhor quem se veste bem”.

A primeira motivação é a mais óbvia: Estética. Sua marca é a representação gráfica de sua empresa. Quando ela está feia, sua empresa está feia. Essa afirmação pode parecer simplista, mas na verdade traz várias implicações.

Ter orgulho de sua própria marca age inclusive na sua motivação e de seus funcionários. Melhora a auto-estima. Afinal, quem não gosta de estar bem-vestido? Com sua empresa, é a mesma coisa.

Até aí, parece muito simples. Mas o empresário vai esbarrar com uma questão capciosa, bem no início dessa discussão. Afinal, o que é bonito?

A beleza é um conceito abstrato. Aquilo que é bonito para uns pode não ser para outros. Mas ao pensar na identidade que representará sua marca no mercado, você não pode se dar ao luxo de errar. Não existem segundas “primeiras impressões”. Por isso, o profissional de design entra em campo.

Um designer gráfico é um profissional capaz de interpretar as necessidades de comunicação que uma organização tem em uma concepção visual que seja funcional, estética e assertiva. Em outro artigo, falaremos sobre como escolher e  contratar um designer gráfico.

Então, fazer design é deixar as coisas bonitas?

Na verdade, não. É bem mais do que isso.

investir_design_grafico

A origem da palavra design remete a “projeto” e não a desenho, como alguns pensam. O que o designer fará para uma empresa é isso, projetar, planejar e aplicar um conjunto de regras visuais que funcionarão como interface entre o que se deseja comunicar e seus destinatários. Em outras palavras, ele faz com que suas mensagens cheguem da melhor maneira a seus clientes.

Quando se trata da identidade de uma empresa, acredite, consistência e coerência vem antes de beleza. Você não quer que seu logotipo comunique uma coisa, e seu site, outra. Ao pensar numa marca, o designer deve pensar além somente do logotipo, da fachada, do cartão de visita. Ele precisa pensar em todo o universo de peças que orbitam a comunicação da empresa. Precisa pensar em como essa empresa se mostra no mercado, para quem fala, quem quer atingir, qual é seu tom de voz. A isso, damos o nome de identidade corporativa.

É aí que nasce sua marca.

Essa marca precisa estar na cabeça de seu público. Quando seu cliente pensar em sua empresa, deve lembrar do logotipo, mas muito mais que isso. Deve se lembrar do ambiente de sua loja, do seu site, do tipo de atendimento que foi dispensado a ele quando precisou de sua empresa. Toda a experiência que ele teve no contato com sua marca. Tudo isso vai influênciá-lo na decisão de escolher ou não sua empresa na hora de fechar um negócio. Positiva ou negativamente, vai depender de você.

Esse processo costuma ser especialmente interessante para o dono do negócio (ou a diretoria de uma organização). As discussões levantadas durante o trabalho de identidade muitas vezes trazem questões que o empresário nunca tinha realmente parado para pensar. Ao fim, as motivações e valores da empresa ficam mais claras para todos, e isso se reflete em performance.

E então, o segundo motivo é esse. Bom design traz resultados palpáveis.

Design diferencia e destaca sua empresa perante sua concorrência. Vivemos numa época em que as pessoas tem muita informação. Dão muito valor a seu dinheiro. No momento de decidir entre duas marcas com preços e qualidades similares, esses conceitos subjetivos podem fazer a diferença ao levar pra casa uma ou outra marca. Pode ser aquele que tem a embalagem mais bonita, o site mais claro e direto, a loja mais agradável. De qualquer maneira, o que você não quer é que essa escolha penda para seu concorrente, que investiu em design.

investir_design_mg

Outro motivo é que bom design faz bem para a sociedade. Ora, se sua empresa tem os valores claros, trata clientes com prazer, apresenta-se de modo estético e sua comunicação valoriza seus clientes, gerando menos dúvidas, e se isso se espalha por toda a sociedade, num círculo virtuoso, só pode ser um processo benéfico.

Esses são alguns motivos para se investir em design. Existem muitos outros. Qualquer dúvida, mande seu comentário. Se você é designer e discorda dessa análise, ou ainda gostaria de acrescentar algo, por favor, sinta-se livre.  Como expliquei no início, este é um post aberto e colaborativo.

Via: Propositto

Procurando um Designer Gráfico, Criação de Logotipo, Criação de Sites, Marketing Digital, Facebook ou Design em, Betim, Igarapé, São Joaquim de Bicas, Belo Horizonte, Contagem, Minas Gerais ou Brasil. Entre em contato.

Obrigado!!!

Contrate um designer Gráfico? Clique aqui